FANDOM


Zeus (Δίαςem grego e Ζευςem grego antigo) é o deus do céu, dos raios e das tempestades. Ele é o filho mais novo de Cronos e Réia. Sua contraparte romana é Júpiter. Ele só tem dois filhos semideuses conhecidos nas séries: Thalia e Jason Grace. Ele é o governante do Olimpo, o rei dos deuses. Ele foi interpretado por Sean Bean nos filmes.

ZeusEditar

Sua infância foi muito parecida com a de Cronos, que como ele, era o mais novo e o mais poderoso de seus irmãos e teve que derrotar o seu pai. Cronos gerou vários filhos com Réia: Héstia, Deméter, Hera, Hades e Poseidon, mas engoliu todos eles assim que nasceram, já que ele havia escutado de Gaia que ele estava destinado a ser superado por seu próprio filho, assim como ele havia derrubado seu pai, Urano. Mas quando Zeus estava prestes a nascer, Réia procurou Gaia para elaborar um plano para salvá-lo, de modo que Cronos recebesse seu castigo pelos atos contra seus próprios filhos. Réia deu a luz a Zeus em Creta, entregando a Cronos uma pedra envolta em panos, que ele prontamente engoliu sem olhar ou perceber.

180px-Zues

Estátua de Zeus.

Réia escondeu Zeus no Monte Ida, em Creta. Onde ele foi criado por ninfas, que deram a ele leite de cabra, mel e ambrosia.

Depois de Zeus atingir a maturidade. Métis, uma Titã, deu a Cronos uma mistura de mostarda e vinho para forçá-lo a vomitar os seus filhos: Héstia, Hades, Deméter, Hera e Poseidon. Zeus libertou os Ciclopes e os Hecatônquiros de sua masmorra no Tártaro, matando sua guarda, Campe.

Juntos, derrubaram Cronos e os outros Titãs, na Primeira Guerra dos Titãs, a Titanomaquia. Os Titãs foram derrotados e mandados para o Tártaro, e Cronos foi cortado com sua própria foice. Atlas, um dos titãs que lutou contra Zeus, foi punido e teve que segurar o peso dos céus por toda a eternidade, para manter o céu acima da terra.

Depois da batalha com os Titãs, Zeus dividiu o mundo com seus irmãos mais velhos, Poseidon e Hades, por sorteio: Zeus obteve o céu e o ar, Poseidon os oceanos e os terremotos, e Hades recebeu a Terra dos Mortos (o Mundo Inferior).

A antiga Terra, Gaia, não poderia ser reivindicada, ela foi deixada para todos os três. Gaia se ressentiu pela maneira que Zeus tinha tratado os Titãs, porque eles eram seus filhos mais velhos. Logo após assumir o trono como rei dos deuses, Gaia deu à luz a dois monstros para lutar contra os Olimpianos, Tifão e Equidna. Zeus venceu Tifão e o prendeu no Monte Etna e Argos venceu Equidna.

Zeus e MétisEditar

Zeus casou-se primeiro com Métis, a titã da prudência, quando Métis estava grávida de Atena, Gaia profetizou que o segundo filho dos dois iria destronar seu pai Zeus, como havia acontecido com Cronos e com Urano, e que isso era um ciclo eterno. Zeus, temendo que isto acontecesse, montou uma armadilha: fez uma brincadeira com Métis, no qual eles se metamorfoseavam, Métis não foi prudente e aceitou, em algum momento Métis se metamorfoseou em uma mosca (em algumas versões, uma gota d'água) e foi engolida viva por Zeus, que logo teve uma dor de cabeça terrível e de lá saiu Atena, já adulta e de armadura: a filha favorita de Zeus.

Personalidade Editar

Zeus é, como o rei dos deuses, muito orgulhoso e imponente. Ele exige respeito e precedência dos mortais e os outros deuses, ele ficou irritado quando Percy escolheu se curvar a seu pai, Poseidon antes do próprio Zeus. Embora ele seja um líder, executor da justiça e da lei, Zeus não fornece o melhor exemplo moral. Ele é, por vezes, extremamente paranoico, egocêntrico e facilmente insultado. Mais notavelmente, Zeus é extremamente sensual, talvez mais do que qualquer outro olimpiano. Sua infidelidade desenfreada para sua esposa Hera é muito notável nos mitos, e muitas vezes coloca suas amantes e até mesmo seus próprios filhos em situações de perigo em todas em tentativas de esconder a infidelidade. Ele também tem uma grande desconfiança com Poseidon culpando-o instantaneamente apesar de não ter nenhuma prova ou até se todos os fatos apontarem para o contrário. A forma romana de Zeus, Júpiter é mais severa e disciplinada que sua forma grega, assim como acontece com os outros deuses.

Zeus passa a imagem de um deus orgulhoso, que preza pela ordem e justiça, punindo os malfeitores e vilões. Apesar disso, o Rei do Olimpo apresenta falhas: seu extremo orgulho o torna arrogante, fazendo-o se recusar a ver suas próprias falhas ou as consequências de suas ações, ao invés disso ele procura outro para culpar. Zeus também é paranoico, a maior parte do tempo vive com medo de que alguém tente tira-lo do poder, e enxerga qualquer tentativa de argumentar como um desafio a sua autoridade. Ele também não tem muita consideração pelas regras que se aplicam a ele, já que ele teve filhos fora do casamento, ate mesmo quando era proibido que cada um dos três grandes gerassem mais semideuses. Apesar de suas falhas, Zeus também tem um lado respeitável, mesmo não demonstrando com frequência, ele se importa com a sua família, irmãos e filhos e filhas, e sempre procura fazer de suas ações da forma menos injusta possível.

Como Júpiter, apesar de compartilhar algumas características com a sua contraparte grega, ele é bem mais responsável e disciplinado, ate mesmo Thalia Grace, filha de Zeus, comentou que ele agia de forma mais paternal quando estava na como Júpiter.

AparênciaEditar

Zeus usa normalmente um terno com risca de giz durante os livros da saga Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo, já nos filmes, ele é bem mais disciplinar, e usa oma armadura grega.

Poderes Editar

Como um dos três grandes e rei do Olimpo, Zeus/Júpiter é um deus extremamente poderoso, apenas rivalizado em poder e força pelos seus irmãos Poseidon/Netuno e Hades/Plutão. Ate mesmo Gaia, a deusa primordial da terra, reconhece seu poder, a ponto de elogia-lo como "O melhor entre os deuses".

  • Força divina: Zeus exibe força extraordinária, sendo facilmente capaz de arremessar montanhas, ou de subjugar a maioria dos deuses sozinho. Zeus foi um dos poucos deuses capazes de enfrentar e aprisionar o monstro Tifão, sozinho. Ele também arremessou uma embarcação grega, da Grécia ate os EUA, com apenas um tapa.
  • Experiência de batalha: Sendo aquele que liderou os deuses durante as primeiras guerra titã e a guerra gigante, a experiência de Zeus no campo de batalha é imensa. Ele é tão poderoso, que foi capaz de sozinho subjugar Poseidon, Atena, Hera e Apolo, e logo depois também Hefesto.
  • Alteração de Tamanho: Zeus foi capaz de alterar seu tamanho, ate ficar tão alto quanto uma montanha, para batalhas contra Tifão.
  • Aerocinese: Como governante do céu, Zeus tem a capacidade de conjurar, criar e manipular o ar, sendo facilmente capaz de criar tornados e furacões, e outras estruturas ou ferramentas feitas de ar.
  • Manipulação do clima: Zeus é capaz de manipular o tempo na atmosfera, podendo criar um dia chuvoso e frio ou quente e ensolarado. Certa vez, ele fez chover por nove dias, e acabou inundando todo o planeta.
  • Eletrocinese: Zeus é capaz de conjurar, criar e manipular a eletricidade da forma que desejar, sua arma principal, o Raio-Mestre, pode lançar raios tão poderosos, que fazem bombas atômicas parecerem fogos de artificio.
  • Dar ou retirar poderes: Devido ao seus status como rei dos deuses, Zeus tem a capacidade de dar poderes divinos a mortais, tornando-os deuses, ou, com a mesma facilidade, retirar os poderes divinos de outros deuses, tornando-os praticamente mortais comuns, ele já fez isso com Apolo e Poseidon.

FilhosEditar

Filhos DeusesEditar

Parceira

Filhos
Métis Atena
Hera Ares,Hefesto e Hebes
Deméter Perséfone
Leto Ártemis e Apolo
Maia Hermes
Sêmele Dionísio
Perséfone (em algumas versões) Melinoe e Zagreus
Mnemosine As Musas
Eurínome As Graças
Selene Ersa e Pandia
Gaia Cibele

Filhos SemideusesEditar

Parceira Filhos
Dânae Perseu
Alcmena Hércules/Herácles
Leda Helena de Tróia e Pólux
Europa Minos, Rhadamanthys e Sarpedon
Plota Tântalo
Beryl Grace Thalia Grace e Jason Grace

Daenarys Amber

FilmesEditar

O Ladrão de RaiosEditar

ZeusPOSTER

Zeus, interpretado por Sean Bean nos filmes.

Zeus é interpretado por Sean Bean. A principal diferença com o Zeus do livro é que ele não se veste com terno, mas usa uma armadura grega, assim como os outros deuses no filme.

CuriosidadesEditar

  • Júpiter, o quinto planeta mais próximo do Sol e o maior no Sistema Solar, é nomeado em homenagem à contraparte romana de Zeus.
  • Júpiter é também o maior planeta, o que pode também estar relacionado com o fato de Júpiter/Zeus ser o mais importante dos deuses romanos.