FANDOM


Sally Jackson é a mãe de Percy. Seus pais morreram de um acidente de avião quando ela tinha cinco anos

então se viu obrigada a morar com seu único parente, seu tio Rich que pouco se importava com ela. Quando ele teve câncer, Sally deixou de estudar para cuidar dele. Ela tinha o sonho de ser escritora, mas como teve que largar os estudos acabou sem dinheiro e sem diploma.

Aparência Editar

Sally possui cabelos cacheados e castanhos, com alguns fios grisalhos. É uma pessoa extremamente bondosa e como alguns outros mortais é capaz de enxergar através da Névoa (ela diz que quando era mais nova era mais fácil).

O ladrão de Raios Editar

No primeiro livro da série Percy jackson e os Olimpianos Sally esta casada com Gabriel "Gabe" Ugliano que descobre que ela só se casou com ele porque sua aura humana é tão repulsiva que foi capaz de esconder o cheiro de Percy por anos. No final do primeiro livro ela o transforma em pedra com a cabeça de Medusa e o vende como uma estátua chamada O jogador de Poquer.

A Maldição do Titã Editar

Percy telefona para Sally por meio da mensagem de iris. No meio da névoa, apareceu uma cena que ele não esperava; Sally estava sentanda à mesa da cozinha com um Homem Paul Blofis, os dois estavam rindo estericamente. Quando o homem vai ao banheiro e Sally diz a Percy que eles estavam juntos realizando um seminário de criação literária.

A Batalha do Labirinto Editar

Em a Batalha do Labirinto Paul pedi a aprovação de Percy para se casar com Sally, Percy diz que sim porque sua mãe estava muito feliz com Paul e ela nunca foi tão feliz antes.

Em Algum momento entre A Maldição do Titã e A Batalha do Labirinto eles se casaram.