FANDOM


"Os deuses colocaram uma magia antiga nesta ilha para me manter presa aqui. Um herói pode sair. Eu não."

Calipso é deusa ninfa da ilha mítica Ogígia, filha do titã Atlas. Ela deteve o herói Odisseu (Ulisses) por muitos anos.

História Editar

Calipso é uma deusa e filha do titã Atlas, que ao apoia-lo em uma guerra com os deuses, recebe o castigo e a maldição de ficar presa na bela e tranquila Ilha de Ogígia para sempre, obrigada a nunca receber visitas, somente dos melhores heróis que caem acidentalmente por lá, e apesar de se encantarem pela beleza e doçura da garota, não podem ficar. Calipso se apaixona por todos eles, mas por nunca nenhum poder ficar, ela experimenta a solidão por muito tempo, até quando Percy Jackson pede para que os deuses a libertem de sua maldição, e eles não a fazem.

Percy Jackson e os Olimpianos Editar

Editar

A Batalha do Labirinto Editar

Sua primeira aparição foi em A Batalha do Labirinto, mostrando ser uma bela e carinhosa deusa, cuidando de Percy para que ele possa se recuperar. Do tempo que cuida dele, Calipso se apaixona perdidamente, já que sua maldição é se apaixonar por todos os melhores heróis que caiam em sua Ilha, e nenhum deles poderia ficar, provocando a solidão e tristeza em Calipso. Apesar de sofrer com isso por ter apoiado seu pai na guerra dos deuses, Calipso continuou sendo uma garota solidária, doce e alegre por fora, mas horrivelmente triste por dentro.

Calipso tenta convencer Percy a ficar, porém ele recusa já que tem que salvar o mundo, os amigos e ficar com Annabeth Chase. Depois de ouvir de Annabeth, Calipso descobre que ela significa algo para Percy, e então desiste e resolve deixa-lo ir, não perdendo sua doçura. Como a feiticeira amava o semideus, entregou a ele uma das flores do seu belo jardim, que agora permanece na casa de sua mãe, em Manhattan.

O Último Olimpiano Editar

Em O Último Olimpiano, Percy pede aos deuses que libertem Calipso de sua maldição, os deuses prometem mas não cumprem, e então Calipso de alguma maneira descobre e acaba mudando totalmente seu jeito. Desde então, Calipso se torna ignorante, por raiva dos deuses se esquecerem dela e ainda a deixarem sofrer.

Os Heróis do Olimpo Editar

A Casa de Hades Editar

Calipso amaldiçoa Annabeth em A Casa de Hades para que ela nunca possa sentir Percy indo atrás dela, que ela possa sentir a solidão e desespero em sua pele, e isso faz Percy se lembrar de Calipso, e a pede para parar, mas como não o faz, Percy luta até conseguir salvar sua amada. Ainda em A Casa de Hades, Leo Valdez é lançado por Quione na Ilha de Calipso, destruindo metade do lugar e deixando Calipso furiosa. Calipso implora para os deuses levarem Leo de volta, duvidando que ele seja um bravo herói, e então ao perceber a raiva de Calispo, Leo tenta ir embora pela jangada que ela dizia que iria aparecer, mas como ela só aparece para pessoas que Calipso gosta, Leo é obrigado a construir um barco para ir embora. Como os dias vão passando e ele não terminava o barco, Calipso foi sentindo raiva por ele continuar ali, mas tentava ajuda-lo para ir embora depressa. Ela costurava roupas, cozinhava... cuidava dele para que ele continuasse vivo e pudesse voltar em paz. Ao longo em que ele continua na ilha, Calipso se aproxima e começa a ter um certo interesse nele, e assim começam a se dar bem. Leo finalmente termina o barco com a ajuda de Calipso, mas a jangada já havia aparecido, e então Leo liga os fatos de que ela só apareceria se Calipso gostasse do garoto, e como a jangada apareceu, ele percebeu que Calipso havia se apaixonado. Apesar de não admitir, Calipso tenta explicar a Leo que ela não pode sair da Ilha com ele e ele também não pode voltar, mas com Leo ainda tentando argumentar, Calipso o beija e o cala. Depois de ir embora, Leo promete a Calipso que voltaria para busca-la, e jurou pelo Rio Estige.

O Sangue do Olimpo Editar

No último capítulo de O Sangue do Olimpo, Leo consegue retornar para Ogígia montado em Festus, completamente consertado, e tira Calipso da ilha.

As Provações de Apolo Editar

O Oráculo Oculto Editar

Calipso tem uma breve aparição no último capítulo do livro, quando chega ao Acampamento Meio-Sangue com Leo e Festus, a onde se falar o que eles fizeram nesses seis meses que estavam ''desaparecidos'', alguns dos lugares citados é a Albânia e o Mar de Monstros, vemos também que ao sair da ilha Calipso perdeu seus poderes e voltou a ser mortal. Fica claro que Leo e Calipso estarão no próximo livro e ajudaram Apolo com a nova profecia.

Aparência Editar

Calipso é definida sendo tão bonita quanto Afrodite, apesar de ser bem mais velha do que aparenta. Ela é descrita tendo uma pele clara, olhos amendoados, cabelos longos e cor mel acompanhados de uma tiara, usando normalmente um vestido branco de mangas curtas e sandálias, mais ou menos iguais aos vestidos normalmente gregos usados na Grécia Antiga pelas mulheres.

Calipso tem um aroma viciante de canela e madeira queimada, um cheiro que deixa em sua mente e você nunca esquece.

Personalidade Editar

No começo, Calipso demonstra ser uma jovem bondosa, gentil e carinhosa com todos, morando solitária em uma Ilha onde é aprisionada graças a maldição dos deuses. A ilha é repleta de flores e o que não falta é natureza, uma das coisas que Calipso mais adora e se dá bem. Calipso ama animais e plantas, sempre cuidando dos mesmos e sendo carinhosa com todos, com muita delicadeza apesar de tudo. Porém ao Leo Valdez chegar a ilha dela, a garota se mostra indignada, sem mostrar muito afeto por ele, mas apenas nos primeiros dias.